Visita ao Centro Experimental de ARAMAR 

No dia 2 de março, parte da diretoria da SBMN e sócios, sendo o Grupo RPH representado pelo consultor de vendas Oscar Neto, estiveram em Iperó-SP para visitar o Centro Experimental de ARAMAR. 

Lá será construído o Reator Multipropósito Brasileiro. A obra tem previsão de conclusão em 2022 e promete garantir autonomia do Brasil na produção de radiofármacos. Segundo o coordenador técnico José Augusto Perrota, do Ipen, o projeto em construção é mais que um reator, mas um grande centro  de pesquisa.

 

 

Parceria entre Grupo RPH e Instituto do Cérebro

O grupo RPH firmou parceria com o Instituto do Cérebro onde irá disponibilizar e instalar a Plataforma Gálio-68 com o objetivo de fomentar a pesquisa em novos radiofármacos, além do desenvolvimento e validação de métodos analíticos.

Com isso, muito provavelmente será o primeiro gerador de Gálio-68 em funcionamento em Porto Alegre. O InsCer é referência nacional em pesquisa de radiofármacos e investigação clínica por imagem, extremamente qualificado em termos de estrutura, equipamentos e profissionais. Para saber mais sobre o instituto: http://inscer.pucrs.br

 

 

Grupo RPH busca parceria com CRF-RS para capacitar farmacêuticos em radiofarmácia

O Grupo RPH, representado pelo seu presidente, Rafael Madke, que é farmacêutico, além da Coordenadora Comercial e Marketing, Carolina Rodrigues e do farmacêutico responsável técnico, Guilherme Petersen estiveram reunidos no CRF-RS no dia 23 de janeiro.

No encontro com a vice-presidente, Maria Letícia Raupp dos Santos, além da gerente de Fiscalização, Elisandra Tiggemann, a farmacêutica da Orientação Técnica, Clarissa Xavier e a advogada Raquel Zorzi, foram discutidas estratégias com objetivo de qualificar os farmacêuticos do Rio Grande do Sul em radiofarmácia. A ideia, segundo Petersen, é de que com a parceira com o CRF-RS e apoio de hospitais e universidades, busque-se promover capacitações para os farmacêuticos. “A área de radiofarmácia é nova, possui muita demanda e poucos profissionais com conhecimento para atuar nela, não só no Rio Grande do Sul, mas em todo o país, e somente com a formação da faculdade o farmacêutico não tem condições de ingressar na mesma”.

De acordo com a vice-presidente do CRF-RS, Maria Letícia Raupp dos Santos, o Conselho está fiscalizando as radiofarmácias e busca qualificar os farmacêuticos para assumirem as vagas nessa esfera. Segundo ela, “o farmacêutico é o profissional que deve estar inserido na manipulação que ocorre na medicina nuclear de clínicas e hospitais”. Portanto o CRF-RS estará trabalhando para que o campo de atuação do farmacêutico seja respeitado.

Fonte: https://www.crfrs.org.br/portal/pagina/noticias-detalhes.php?idn=2517

 

 

MAIS UMA CONQUISTA PARASE ORGULHAR

O Grupo RPH tem orgulho de informar que a ITG, sua parceira comercial, conquistou em dezembro de 2017, a certificação de Boas Práticas de Fabricação (BPF) pela ANVISA, tornando-se a única indústria radiofarmacêutica produtora de geradores de Gálio-68 a possuir esse reconhecimento no Brasil.